12 de março de 2012

rotina, 1ª página


Se existe noites memoráveis? Existem e a noite de ontem é a prova disso. Foi mais uma noite com o pessoal, andámos às voltas na cidade, sempre com o nosso humor, mas isso já é típico de nós. Mas o ponto alto da noite não foi isso, o auge da noite foi ela. Ela estava realmente fantástica, toda ela transparecia elegância e aquele vestido fazia jus à sua pessoa. Podia continuar a elogiá-la de mil e uma maneiras, mas ela para mim é simplesmente perfeita. Mas tenho de meter na cabeça, que ela não é minha. Ela tem namorado. Tem um canalha de um namorado. Ela ama-o, ou pelo menos é isso que deixa transparecer e eu não posso fazer nada contra isso. Mas ela estava melhor noutras mãos. Nas minhas mãos... Ela estava melhor a beijar outros lábios. Os meus lábios...
Amanhã vou ter um acampamento com a malta toda, vamos acampar para o meio da floresta. Ela também vai. Pode ser que estes dias na floresta dêem para me aproximar dela, que ela veja realmente quem sou e o quanto preciso dela.
Até lá, continuo a sonhar.
Acordei de manhã e fui ter com o pessoal.
Arrancámos com as mochilas ás costas e metemos-nos a caminho. Tê-los aos dois à minha frente, não era o melhor. Vê-los de mãos dadas, não satisfazia os meus desejos. Estávamos a andar bem, quando de repente ela gritou. Quando olhei já estava no chão, agarrada ao pé. Antes que pudesse estar ao pé dela, já ele lá estava. O pé dela estava em sangue, não me perguntem porquê. Talvez um ramo partido ou uma pedra no caminho em que ela não reparou.
O namorado dela estava armado em herói. Tinha tirado a camisola e enrolou-a no pé dela. Os olhos dela brilharam. Ele pediu-me para o ajudar a carregá-la, eu nem hesitei e ela retribui-me o favor com um sorriso. Com aquele maravilhoso sorriso. Quando finalmente chegámos à floresta, o pessoal começou a montar as tendas. Levei-a para a minha tenda, com o intuito de a ajudar, mas o namorado não achou muita piada. Tanto que a levou para a tenda deles.

tenho isto escrito à muitos meses, esta era a nova história de que tinha falado.
espero que gostem.

3 comentários:

catarina costa disse...

sim gosto muito ! continua

Inês disse...

Está tão giro.. Podias fazer deste texto uma historia.. adorava seguir a continuação deste excerto *-*
beijo *

Fernando Gonçalves disse...

Olá, parabéns pelo seu blog.
Te convido a conhecer o meu,
http://carmasepalavras.blogspot.com/

;)